Holding Familiar


O que é holding familiar?

Basicamente, a holding familiar é uma empresa constituída por pessoas da mesma família. A sociedade tem o objetivo específico de administrar o patrimônio dos familiares, que são pessoas físicas.

Assim, os bens das pessoas, sejam eles imóveis, móveis ou mesmo empresas, não ficam no nome delas, mas sim da holding. Isso facilita a administração do patrimônio de todos e também a sucessão em caso de falecimento.

As pessoas da família se tornam sócias e cada uma terá uma quota de participação na sociedade. Qualquer lucro recebido com o patrimônio sob domínio da holding será dividido proporcionalmente, de acordo com o que consta em estatuto.


Como ela funciona?

As holdings são divididas em dois tipos: as puras e as mistas. As primeiras são aquelas em que o objeto social tem apenas a finalidade de participação em outras empresas. Já as mistas preveem, além da participação, a exploração das atividades com fins lucrativos.


Quais são as vantagens da holding familiar?

O primeiro benefício de compor uma holding familiar e melhorar a administração patrimonial. Ao criar a sociedade, o controle dos bens passa a ser da pessoa jurídica criada. Ela pode ser uma sociedade anônima, simples ou empresária.

Assim, uma das possibilidades é nomear um administrador com experiência na área — que não precisa ser um dos sócios. Ele fará a gestão de todo o patrimônio da holding familiar conforme os interesses dos donos e dos bens.

Dessa forma, melhora-se a administração do patrimônio, evita a dilapidação por conta de uma má gestão e obtém-se rendimentos. Como vimos, o lucro será distribuído proporcionalmente entre os detentores das quotas sociais.

A proteção patrimonial também é um benefício buscado com a criação de uma holding. Ao escolher a forma societária, é possível determinar que os sócios serão apenas pessoas específicas. Assim, visa-se proibir a entrada de indivíduos alheios à sociedade.

A holding também é muito utilizada para facilitar a sucessão de bens, ou seja, a divisão que ocorre na herança. Nesse caso, é fundamental que todas as regras sobre o assunto estejam elencadas no contrato social da sociedade.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Botão_do_Whatsapp.png